Facebook Sesmo Instagram Sesmo LinkedIn Sesmo
ÁREA DO CLIENTE
TESTE GRÁTIS
HOME
QUEM SOMOS
SOLUÇÕES
CASES
BLOG
CONTATO

 

O que faz um técnico de segurança do trabalho?

Saúde e segurança no trabalho é um dos setores que mais cresceu nos últimos anos e vem ganhando cada vez mais importância. Por isso, uma das profissões com maior procura pelo mercado de trabalho, tanto em relação à formação profissional quanto a busca de profissionais pelas empresas, é a de técnico de segurança do trabalho.

Como diz o próprio nome, ele cuida do bem-estar dos funcionários da empresa e da prevenção de riscos, acidentes e doenças laborais. No entanto, esta função envolve diversos tipos de atividades. Saiba mais sobre o assunto!

Quais são as atividades de um técnico de segurança do trabalho?

Ele é peça fundamental da empresa. Entre suas atividades estão garantir que as instalações, equipamentos, sinalizações e tudo o que envolve o funcionamento do negócio esteja de acordo com as normas vigentes.

O Brasil possui uma legislação específica para a prevenção de acidentes e bem-estar dos empregados e antecipação de riscos, que são as Normas Regulamentadoras (NRs). O técnico de segurança deve conhecê-las, saber quais se aplicam ao setor e à empresa, além de direcionar os gestores sobre como implementá-las.

Técnico de segurança do trabalho: pessoa assinando documentos.

Ainda, é necessário que todos os itens acima estejam adequados para responder a situações de emergência, preservando a segurança de todos também nestes casos.

É interessante que a pessoa tenha um perfil analítico, uma vez que é necessário examinar e investigar os possíveis riscos de diversas atividades e ambientes, encontrando soluções e transmitindo as orientações aos demais trabalhadores.

Formação profissional

A formação de técnico de segurança do trabalho começa com o curso técnico, oferecido por instituições públicas e privadas. Para iniciar o curso, é preciso ter Ensino Médio completo ou em andamento.

Dependendo da área de atuação, cursos de especialização são necessários, uma vez que setores como a construção civil e a mineração, por exemplo, possuem normas de segurança específicas. O primeiro possui o Programa de Condições e Meio Ambiente de Trabalho (PCMAT), para citar um deles.

Também é essencial manter-se em constante atualização, uma vez que as normas podem mudar (como está ocorrendo atualmente) e são vitais para a preservação do bem-estar de um quadro de funcionários, muitas vezes, numeroso.

Durante o curso, o estudante aprenderá:

  • Como avaliar um ambiente e identificar as variáveis de controle de doenças, qualidade e meio ambiente;
  • Realizar treinamentos e ações educativas na área, comunicando as diretrizes e medidas;
  • Fiscalizar os processos de trabalho;
  • Gerenciar documentos de SST;
  • Analisar e investigar acidentes;
  • Recomendar medidas de prevenção;
  • Aplicar e comunicar conceitos de higiene no trabalho, entre outras habilidades.

O mercado de trabalho para este profissional é muito amplo, já que ele pode atuar diretamente nas empresas ou prestando consultorias. Além disso, cuida de um setor em que todas as empresas precisam se atentar. No entanto, empresas com muitos funcionários, o setor de indústria e a construção civil são os ramos que possuem mais oportunidades.

Técnico de segurança do trabalho: operário trabalhando.

Uso da tecnologia

Com a constante evolução de sistemas e tecnologias, um bom técnico de segurança do trabalho tem como um de seus diferenciais a implementação dos mesmos na realização dos processos.

O uso de um software para segurança do trabalho também facilita o dia a dia deste profissional, principalmente em empresas com muitos funcionários. Este tipo de sistema auxilia ao armazenar os documentos em versão digital, não correndo o risco de danificação e perda que ocorre quando são armazenados em papel.

Além disso, tais informações são usadas na elaboração dos programas de segurança, como o Programa de Prevenção de Riscos Ambientais (PPRA) e o Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional (PCMSO).

Os softwares mais modernos e atualizados organizam todas as informações para que os processos e laudos sejam feitos corretamente, otimizando sua implementação.

A importância de um técnico de segurança do trabalho

A preservação da segurança laboral é um dever, assim como o cumprimento das normas, seguindo as diretrizes estabelecidas para que todos tenham um ambiente de trabalho saudável.

No entanto, o domínio das medidas, técnicas, práticas e o melhor modo de adotá-los exige um conhecimento específico. A elaboração das melhores estratégias e verificação se as mesmas estão sendo seguidas cabe a quem possui conhecimento aprofundado sobre o assunto.

Por isso, ter um técnico de segurança do trabalho ou contar com uma consultoria especializada, é a melhor alternativa para garantir que sua empresa esteja dentro das leis e melhores práticas de segurança.







Logo da Sesmo



ATENDIMENTO AO CLIENTE
SUPORTE:
sesmo@sesmo.com.br

COMERCIAL:
comercial@sesmo.com.br

TELEFONES
+55 (46) 2101-1845 (SUPORTE)
+55 (46) 2101-1845 (WHATSAPP)

HORÁRIOS DE ATENDIMENTO
SEGUNDA À SEXTA
8H30MIN ÀS 12HRS
13H30MIN ÀS 18HRS
HORÁRIO DE BRASÍLIA

ASSINE NOSSA NEWSLETTER
ENVIAR
© 2019 | Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Linking Sites.
Whatsapp da Sesmo
Fale agora com a Sesmo